Dicas de Administração de Imóveis

Dicas de Administração de Imóveis

Desafios da locação de imóveis

 

Sempre ouvimos comentários de proprietários de imóveis sobre o “medo” de alugar a sua casa ou apartamento. São tantos os receios, que alguns assumem os altos custos das taxas de condomínio, IPTU, e de manutenção, preferindo manter o imóvel fechado, para evitar os riscos de “maus inquilinos”.

Posso afirmar que um “bom inquilino” é quem cuida do imóvel. Para tanto, todos os procedimentos de locação e cuidados com o imóvel devem ser realizados com a devida segurança, através de uma vistoria sistemática com fotos, vídeos, descrição das suas características e materiais de acabamento, e funcionalidade das instalações. Quanto mais conservado o imóvel está, mais cuidado o locatário terá em conservá-lo. É o locatário quem identifica imediatamente algum problema mais grave, como por exemplo, alguma infiltração, ou problema estrutural, não provocado pelo uso, evitando assim, o agravamento da situação.

Uma boa administradora de imóveis deve cuidar do imóvel desde a fase da captação de interessados, quando deve acompanhar os clientes pessoalmente através de um corretor. Por medida de segurança, não é aconselhável que sejam entregues as chaves do imóvel a estranhos desacompanhados. O escritório imobiliário localizado na mesma região do imóvel favorece a assistência prestada pela administradora, até o encerramento do contrato de locação.

O contrato deve estabelecer todas as regras com as garantias que asseguram uma boa relação entre locatários e locadores. No caso de administração de imóvel por imobiliárias é importante observar se possuem consultoria jurídica, e se estão devidamente habilitadas, com a certidão de regularidade ativa, disponível no site do CRECI – www.crecidf.gov.br.

É importante que a imobiliária possua equipe de manutenção para casos de emergência com o imóvel. Outras ações fundamentais da administradora são as transferências das contas de água, luz e gás, para o nome dos locatários, durante o período da locação, bem como providências para contratação do seguro contra incêndio, evitando assim dificuldades futuras.

A escolha da Imobiliária responsável pela intermediação e pelos processos de locação, é de suma importância, tanto quanto a seleção de um bom inquilino, o que faz toda diferença para o sucesso da locação e tranqüilidade do locador.

Compartilhe